Ancestral humana mais antiga é eleita descoberta científica do ano

Em seu balanço de 2009, a revista "Science" considerou a apresentação do esqueleto de uma fêmea de Ardipithecus ramidus --o fóssil apelidado de Ardi-- o evento científico mais importante do ano. A pequena primata de 1,20 metro, que viveu há 4,4 milhões de anos, é agora o exemplar mais antigo conhecido de um ancestral da espécie humana. Tirou do trono Lucy, um fóssil de Australopithecus afarensis, 1 milhão de anos mais recente.

Após mais de uma década de esforços para remontar um esqueleto fragmentado desenterrado nos anos 1990, cientistas liderados por Tim White, da Universidade da Califórnia em Berkeley, mostraram que os hominídeos da época de Ardi tinham pouco a ver com chimpanzés, já apresentando anatomia e hábitos bem distintos dos que se vê entre macacos hoje.

"Science"

Desenho simula a aparência de Ardi, fóssil achado na Etiópia e considerado o principal destaque científico do ano pela "Science"


A "Science" --que junto com a "Nature" forma a dupla de periódicos mais disputada pela comunidade científica-- publica todo ano sua lista com as dez acontecimentos mais importantes. Em 2009, também estão na relação da revista os testes com terapia gênica que tiveram sucesso e os estudos com a droga experimental rapamicina que prolonga vida de cobaias.

Para o ano seguinte, os editores da "Science" fazem suas previsões sobre quais linhas de pesquisa tendem a render mais. Em 2010 o periódico aposta que o uso de células iPS --derivadas de tecido adulto, mas reprogramadas para se comportarem como células-tronco de embriões--, deverá ser grande fonte de notícias. Estudos que usam esse material para testar terapias contra doenças ainda sem cura, como mal de Parkinson e diabetes tipo, vão proliferar, diz a revista.

Outra grande aposta da "Science" é no experimento AMS (Espectrômetro Magnético Alfa), que será montado na Estação Espacial Internacional. O dispositivo é um detector especial de raios cósmicos para tentar investigar questões como a composição da misteriosa matéria escura, entidade física que possui massa mas não interage com a luz nem com nenhum tipo de radiação.
Fonte - Bol Noticias

26 de dezembro -

O dia 26 de dezembro é um feriado público na maioria dos países cristãos


Exceções notáveis são os Estados Unidos, Portugal, o Brasil e Moçambique (na África do Sul e outros países anglófonos é chamado "Boxing day"

1977 - É promulgada a lei que institui o divórcio no Brasil.

fonte: Wikipédia

Dia da lembrança - 26 de dezembro


Muito adequado terem escolhido o dia seguinte ao Natal para uma data assim tão singular. Porque assim, aquecidos pela presença do Menino Deus, podemos fazer uma seleção do que guardar e do que não guardar na lembrança deste ano que se encerra. É uma oportunidade para começarmos o ano com o coração mais leve.

Não tiremos da lembrança:

- todos os bons propósitos que fizemos, mesmo que ainda não cumpridos;
- todo o bem que nos fizeram, todo e qualquer gesto de bondade, ternura e amor que nos deram;
- toda e qualquer injustiça que fizeram pelos mais fracos e mais incapazes, para que não nos esqueçamos, este ano, de fazer algo por eles;
- que somos muito amados do Pai, somos seus herdeiros do Reino e que devemos nos comportar como príncipes e princesas;
- que Deus conta conosco hoje, no próximo ano e até o último dia de nossa vida.

E que, sobretudo, não deixemos escapar a felicidade por entre os dedos, visto que nascemos para ser muito felizes

O Papa foi derrubado


CIDADE DO VATICANO - A mulher que derrubou o papa Bento 16 durante a Missa do Galo, rezada na Basílica de São Pedro na noite de quinta-feira, garantiu que "não queria fazer" mal ao pontífice.

"Não queria causar danos ao Santo Padre", afirmou Susanna Maiolo, de 25 anos, aos médicos que a atenderam na ala psiquiátrica do Hospital Santo Spirito, em Roma, perto do Vaticano, destacou neste sábado a imprensa italiana.

Segundo informações, os médicos que trataram a moça asseguraram que ela é uma pessoa com transtornos "psíquicos" e "pensamentos instáveis". Foram estes problemas que a levaram a se aproximar do papa na Missa do Galo deste ano e também na de 2008.

Após um primeiro atendimento no Hospital Santo Spirito, a mulher, que tem nacionalidade suíça e italiana, foi transferida para um centro especializado em psiquiatria nos arredores de Roma.

Assim como no ano passado, Maiolo veio da Suíça, onde vive, até Roma só para assistir à Missa do Galo.

Agressão e queda

Na véspera do Natal, a ítalo-suíça Susanna Maiolo, aparentemente com problemas psíquicos, superou a barreira de segurança e derrubou o papa quando este avançava pela Basílica de São Pedro ao lado de 30 cardeais.

Mas Bento 16, de 82 anos, se levantou rapidamente e celebrou a Missa do Galo, a quinta de seu pontificado, que pela primeira vez começou às 22H00, e não meia-noite, para evitar o cansaço do papa.

No incidente, o cardeal francês Roger Etchegaray, de 87 anos, também caiu e fraturou o fêmur.

Dia do Vizinho


Há milhares de anos, quando o homem deixou o comportamento nômade e passou a se fixar em determinados locais, em virtude da agricultura, lá estava ele, o vizinho. Desde que surgiram as vilas, as ruas, os bairros, os edifícios e, até mesmo antes disso, no tempo das cavernas, lá estava ele, o vizinho. Por vezes sua companhia é agradável, em outras incômoda.

Esta pessoa que convive tão de perto, que conhece seus horários, seus sons, seus amigos e até as suas manias, tem um dia dedicado à ela, embora talvez você nem a conheça muito bem.

Então, aproveite o dia 23 de dezembro e, munido de seu espírito natalino, surpreenda seu vizinho, convidando-o para jantar, lhe dando um presente ou simplesmente um abraço. Afinal, vizinhos podem ser para sempre e, nesses casos, é bom manter a política da boa vizinhança.

Fonte: lproweb.procempa.com.br

Nasce Gregório de Matos


Ele é considerado o maior poeta satírico da literatura portuguesa do século XV. É reconhecido por não ter medo de falar a verdade sobre o cotidiano e os costumes da época no Brasil, por isso é chamado de “boca do inferno” ou “boca de brasa”. Seu nome é Gregório de Matos, o maior poeta barroco do Brasil, que faz aniversário nesta quarta-feira, 23.

Matos nasceu em 1636, em Salvador, e era português, já que o Brasil somente se tornou independente em 1822. Ele estudou no Colégio Jesuíta, da Bahia, entre 1642 e 1650, quando continuou os estudos na Universidade de Coimbra, em Lisboa, e se formou em Cânones, em 1661. Dois anos depois, foi nomeado “juiz de fora”, magistrado nomeado pelo próprio rei de Portugal, da cidade portuguesa de Alcácer do Sal.

Sua carreira política foi rapidamente ascendente. Em 1668, representou a Bahia nas cortes de Lisboa. Quatro anos mais tarde foi nomeado procurador, logo tornou-se desembargador das Relações Eclesiásticas da Bahia e, em seguida, nomeado tesoureiro-mor da Sé pelo rei de Portugal. Ele somente retornou ao Brasil em 1683, quando foi destituído de seus cargos por não aceitar as ordens de seus superiores e não querer usar a batina.

Para criticar os costumes e grupos sociais da época na sociedade baiana, Gregório satirizou o cotidiano, usando uma linguagem erótica, o que rendeu o título que o imortalizou como a “boca do inferno”. Tanto que o promotor eclesiástico da província, em 1695, o denunciou ao Tribunal da Santa Inquisição, embora a acusação não tenha prosseguido. Um de seus principais poemas é “A cada canto um grande conselheiro”.

As críticas e as perseguições aumentaram, fazendo-o ser deposto para Angola em 1694. Voltou à colônia portuguesa, no ano seguinte, onde morreu aos 59 anos, em Recife, de uma febre contraída na África, em 26 de novembro de 1695

Internet popular


Michele Loureiro
Do Diário do Grande ABC

A partir de hoje, cerca de 2,5 milhões de domicílios de 48 municípios do Estado de São Paulo - entre eles Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema e Mauá - podem ter acesso à internet usando o programa Banda Larga Popular. A Secretaria da Fazenda e a operadora NET Serviços firmaram termo de adesão que habilita a empresa a oferecer pacotes de acesso por até R$ 29,80.

A assinatura do termo ocorreu ontem durante reunião entre o secretário da Fazenda do Estado de São Paulo, Mauro Ricardo Costa, o secretário de Gestão Pública, Sidney Beraldo, e o presidente da NET Serviços, José Antonio Guaraldi Félix.

Segundo o executivo da NET Serviços, a banda larga popular já estará disponível a partir de hoje. "Temos hoje plataforma que nos permite oferecer desde o plano mais simples até o de maior velocidade, o que deve ajudar o serviço a deslanchar ."

O programa contribui para a inclusão digital ao viabilizar, principalmente às pessoas de menor poder aquisitivo, a oferta de serviços de internet de alta velocidade a custo reduzido. "São pessoas que hoje não têm acesso ou usam internet discada. Com o programa, estamos efetivamente promovendo a inclusão desta população", afirmou o secretário Mauro Ricardo Costa.

O Banda Larga Popular, lançado pelo governador José Serra em outubro de 2009, tornou o serviço de internet em alta velocidade acessível à população por meio da redução de 25% para zero da alíquota do ICMS (Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Serviços) que incide sobre esse serviço.

Pagando no máximo R$ 29,80 por mês, o usuário do pacote popular terá direito a um modem (aparelho que permite a conexão), instalação e serviços do provedor de internet com velocidade mínima de 200 Kbps e máxima de 1 Mbps. O acesso à internet será ilimitado, sem restrições de horário ou de volume de tráfego de dados.

"A internet rápida é uma importante ferramenta de desenvolvimento social e econômico. Há estudos que relacionam o aumento do número de empregos e do PIB com o crescimento do acesso à banda larga. Portanto, essa iniciativa vai contribuir ainda mais para o progresso de São Paulo", disse o secretário Sidney Beraldo.

Dados da PNAD (Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios), do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), mostram que 2,5 milhões de domicílios podem ser beneficiados. São usuários que têm computador e não acessam a internet ou utilizam a internet discada. Com o programa, a expectativa do governo é de que a metade dos lares paulistas passe a contar com internet de alta velocidade.

Papai Noel


O Papai Noel : origem e tradição

Estudiosos afirmam que a figura do bom velhinho foi inspirada num bispo chamado Nicolau, que nasceu na Turquia em 280 d.C. O bispo, homem de bom coração, costumava ajudar as pessoas pobres, deixando saquinhos com moedas próximas às chaminés das casas.

Foi transformado em santo (São Nicolau) após várias pessoas relatarem milagres atribuídos a ele.

A associação da imagem de São Nicolau ao Natal aconteceu na Alemanha e espalhou-se pelo mundo em pouco tempo. Nos Estados Unidos ganhou o nome de Santa Claus, no Brasil de Papai Noel e em Portugal de Pai Natal.

Até o final do século XIX, o Papai Noel era representado com uma roupa de inverno na cor marrom ou verde escura. Em 1886, o cartunista alemão Thomas Nast criou uma nova imagem para o bom velhinho. A roupa nas cores vermelha e branca, com cinto preto, criada por Nast foi apresentada na revista Harper’s Weeklys neste mesmo ano.

Em 1931, uma campanha publicitária da Coca-Cola mostrou o Papai Noel com o mesmo figurino criado por Nast, que também eram as cores do refrigerante. A campanha publicitária fez um grande sucesso, ajudando a espalhar a nova imagem do Papai Noel pelo mundo.

Atualmente, a figura do Papai Noel está presente na vida das crianças de todo mundo, principalmente durantes as festas natalinas. É o bom velhinho de barbas brancas e roupa vermelha que, na véspera do Natal, traz presentes para as crianças que foram obedientes e se comportaram bem durante o ano. Ele habita o Pólo Norte e, com seu trenó, puxado por renas, traz a alegria para as famílias durante as festas natalinas. Como dizem: Natal sem Papai Noel não é mesma coisa.

Avião sai da pista e sofre acidente ao pousar na Jamaica


O piloto de um avião da American Airlines procedente de Miami (EUA), com mais de 150 pessoas a bordo, não conseguiu frear ao pousar sob forte chuva, derrapou na pista e parou a apenas 3 metros do mar do Caribe, ao colidir com uma cerca que rodeia o aeroporto. Segundo as autoridades, ao menos 40 pessoas ficaram feridas no incidente.

Alguns dos passageiros feridos foram levados a hospitais próximos com fraturas e dores no corpo, informou o ministro de Informação, Daryl Vaz. Quatro pessoas ficaram seriamente feridas, segundo Paul Hall, vice-presidente de operações do aeroporto.
O voo 331 derrapou na pista do Aeroporto Internacional Norman Manley aproximadamente às 22h30 desta terça-feira (19h30 no horário de Brasília). A fuselagem do avião foi danificada, o motor direito quebrou no impacto e e equipamento de aterrissagem do lado esquerdo entrou em colapso, disse Tim Smith, porta-voz da companhia.

Segundo Smith, a maioria dos ferimentos foram cortes e hematomas e nenhum passageiro corre risco de morte.

As imagens da televisão mostram alguns passageiros deixando a aeronave com cortes no rosto e sangue nos lábios. Alguns pareciam visivelmente abalados, enquanto atravessavam o terminal enrolados em cobertores ou sob guarda-chuva para evitar o temporal.

O Boeing 737-800, que veio inicialmente do Aeroporto Nacional Reagan, em Washington, D.C., decolou do Aeroporto Internacional de Miami às 20h52 desta terça-feira (17h52 no horário de Brasília) e chegou em Kingston às 22h22 (19h22 no horário de Brasília).

O avião levava 148 passageiros e seis tripulantes. A maioria dos passageiros eram jamaicanos que voltavam pra casa para o Natal, segundo o ministro Vaz.

A passageira Pilar Abaurrea descreveu à agência de notícias Associated Press uma cena caótica quando o avião bateu no chão e derrapou. "De repente, quando ele chegou no chão, o avião estava quicando, alguém disse que o avião estava derrapando e houve pânico".

Chuvas fortes atingem a região oeste da Jamaica há quatro dias e devem se dissipar até quinta-feira, véspera de Natal. As autoridades dizem que as chuvas mataram uma menina de sete anos, arrastada pela correnteza, e causaram um acidente de ônibus que deixou dois mortos.
Fonte - Folha online

Morre Chico Mendes


Em 22 de dezembro de 1988, exatamente uma semana após completar 44 anos, Chico Mendes foi assassinado com tiros de escopeta no peito na porta dos fundos de sua casa


Chico anunciou que seria morto em função de sua intensa luta pela preservação da Amazônia, e buscou proteção, mas autoridades e a imprensa não deram atenção. Casado com Ilzamar Mendes (2ª esposa), deixou dois filhos, Sandino e Elenira, na época com dois e quatro anos de idade, respectivamente. Em 1992 foi reconhecida através de exames de DNA uma terceira filha.

Após o assassinato de Chico Mendes mais de trinta entidades sindicalistas, religiosas, políticas, de direitos humanos e ambientalistas se juntaram para formar o "Comitê Chico Mendes". Eles exigiam providencias e através de articulação nacional e internacional pressionaram os órgãos oficiais para que o crime fosse punido. Em dezembro de 1990, a justiça brasileira condenou os fazendeiros Darly Alves da Silva e Darcy Alves Ferreira, responsáveis por sua morte, a 19 anos de prisão. Darly fugiu em fevereiro de 1993 e escondeu-se num assentamento do INCRA, no interior do Pará, chegando mesmo a obter financiamento público do Banco da Amazônia sob falsa identidade. Só foi recapturado em junho de 1996. A falsidade ideológica rendeu-lhe uma segunda condenação: mais dois anos e 8 meses de prisão.

————


Em 22 de dezembro de 1968 – Anos de Chumbo : os cantores Caetano Veloso e Gilberto Gil são presos no Rio de Janeiro, acusados de protestar publicamente contra a ditadura, em shows.



fonte - Wikipédia

Homem que inspirou ‘Rain Man’ morre nos EUA

Kim Peek tinha problemas mentais e memória extraordinária.
Ele foi vivido por Dustin Hoffman no longa ganhador do Oscar.






Kim Peek, o homem que inspirou o protagonista do filme ganhador do Oscar “Rain Man” morreu aos 58 anos nos EUA. Seu pai, Fran, diz que Peek sofreu um ataque cardíaco na manhã de sábado (19) e foi dado como morto em um hospital em Murray, cidade nos subúrbios de Salt Lake City, em Utah.

Peek sofria da “síndrome de Savant”, e apesar de alguns problemas mentais, tinha uma memória impressionante. Ele inspirou o roteirista Barry Morrow a escrever “Rain Man”, o filme de 1988 que ganhou quatro estatuetas do Oscar.

Fran Peek diz que seu filho conheceu Morrow em uma convenção no começo da década de 1980 e que o escritor ficou espantado com a habilidade de Peek para decorar tudo que ouvisse. Morrow escreveu o roteiro, e o longa acabou ganhando o Oscar de Melhor Filme e de Melhor Ator para Dustin Hoffman.

5 milhões de quilômetros

“Era inacreditável, a quantidade de coisas que ele sabia”, disse Frank Peek nesta segunda-feira (21). “Ele viajou quase 5 milhões de quilômetros de avião e deu palestras para quase 60 milhões de pessoas – metade delas estudantes”.

Nos anos seguintes, Peek foi classificado como gênio em 15 diferentes assuntos, de história, literatura e geografia a números, esportes, música e datas. Mas as suas capacidades motoras eram limitadas; ele não conseguia fazer algumas tarefas simples, como se vestir.

Cientistas da NASA estavam estudando Peek, na esperança de que a tecnologia usada para para estudar os efeitos das viagens espaciais no cérebro ajudassem a explicar a sua capacidade mental.

Fran Peek diz que o funeral de Kim acontece nesta terça-feira (22) em Taylorsville, Utah.

Imagens que marcaram a década

O corpo do papa João Paulo II é transferido para a Basílica de São Pedro, no dia 4 de abril de 2005



















Imagem mostra um soldado posando ao lado do recém capturado Saddam Hussein. O ex-ditador do Iraque foi capturado no dia 13 de dezembro de 2003, em um buraco de uma fazenda na vila de ad-Dawr

Estátua de Saddam Hussein é derrubada por soldados americanos em Bagdá, em 9 de abril de 2003. A queda se tornou o símbolo da derrota do regime do então ditador









O segundo avião sequestrado se aproxima de uma das torres do World Trade Center, pouco antes de se chocar contra o edifício, em Nova York, em 11 de setembro de 2001






Guerrilheiros da Al-Qaeda, a bordo de tanques russos antigos, se preparam para defender Tora Bora, no dia 6 de dezembro de 2001

Dia do Museólogo


O museólogo é o profissional que estuda os museus a partir das interações entre homem, cultura e natureza, dentro dos diferentes sistemas de pensamento.

As responsabilidades do museólogo incluem a salvaguarda, documentação, difusão de acervos naturais e culturais; planejamento e realização de exposições; desenvolvimento de programas educativos e culturais; defesa do patrimônio; defesa do respeito à vida, à pluralidade biológica e cultural e à igualdade de direitos em todas as sociedades.

O museólogo atua em museus, centros culturais, institutos de pesquisa, centros de documentação, galerias de arte, e qualquer instituição ligada à proteção, documentação, conservação, pesquisa e difusão do patrimônio cultural.

A profissão de museólogo, no Brasil, é regulamentada por Lei desde 1984 e tem seus direitos garantidos pelos Conselhos Regionais e o Conselho Federal de Museologia.


Fonte - Wikipédia

18 de dezembro: Dia Internacional do Migrante. Pontes e não Muros


Aída García Naranjo Morales *

"Que tuas puas sejam minhas asas e meu sangue
a ferrugem que te destrua…"
(Susana Pérez-Alonso)



No Dia Internacional do Migrante, não temos nada a celebrar e, sim, muito o que deplorar. Desde que a ONU proclamou o 18 de dezembro de cada ano para que os governos reflitam sobre os direitos humanos, liberdades fundamentais e formulação de medidas para protegê-los, não foram construídas pontes para a migração. Ao contrário, existem centenas de tumbas esquecidas nas fronteiras. Existem 20 muros físicos vergonhosos e outros tantos invisíveis que interessam a poucos ou a quase ninguém.

Muros da intolerância, discriminação e xenofobia, como o da "La Tortilla", três mil quilômetros de concreto para deter a imigração ilegal para os Estados Unidos, que cobrou 5.600 vidas de pessoas que tentavam cruzá-lo. A Espanha tem sua Valla de Ceuta, mais de oito quilômetros de arame farpado em Ceuta e 12 quilômetros em Melilla, com barreiras de até seis metros, câmaras infravermelhas, difusores de gás lacrimogêneo, cabos trançados e piquetes de um a três metros de altura ao seu redor: 4.000 pessoas já morreram afogadas ao tentar cruzar o Estreito de Gibraltar.

No Saara Ocidental, 2.720 quilômetros de campos minados convertem o Marrocos em uma nação sitiada; e o pior de todos, construído pelo governo israelita, deixa a 360.000 palestinos desconectados de seu povo e rodeados por um muro de 181 quilômetros, flanqueados por estradas do apartheid (pelas quais somente podem circular veículos com matrícula israelita). São 20 os muros físicos existentes no mundo que teríamos que derrubar; porém, segundo Julián Saada, da Agência de Segurança Nacional dos Estados Unidos, estima-se em 178 bilhões de dólares, o custo por assegurar as fronteiras daqui até 2015.

Alguém deveria explicar aos governantes dos países ricos, que a segurança não se consegue com cimento nem com arame farpado, mas com equidade, tolerância, respeito, pontes e caminhos. Os muros constroem ódios e conflitos.

Muros de papel

Muros econômicos, ideológicos, culturais e de papel separam aos países do bem estar com os da fome e da marginalização. "O muro mais perigoso é o que separa aos ricos dos pobres", disse o escritor Vaclav Bartusa.

Com a reforma da Lei de Estrangeiros aprovada pelo governo de Rodríguez Zapatero, a Espanha se converte no primeiro país da União Europeia a aplicar oficialmente a polêmica "lei de retorno" que estabelece 18 meses de detenção para um estrangeiro sem documentos, a cujo termo, culminado o processo judicial, o detido será deportado. É o muro contra o qual se enfrentam mais de 700.000 imigrantes irregulares, entre eles, uns 10.000 peruanos, que podem ser detidos quando, em fevereiro, entrar em vigor a referida Lei. Aos sem documentos, que são seres humanos com direitos, poderiam somar-se os que não se amparam ao convênio de dupla nacionalidade, bem como os que, tendo ingressado com visto de trabalho, percam seu emprego -fato cotidiano na Espanha-, ficando impossibilitados de renovar seu documento de residência.

O vicepresidente do Parlamento Andino, Wilbert Bendezú, adverte que a partir de julho de 2010, uns 200 mil peruanos poderiam ser expulsos da União Europeia ao entrar em vigência a denominada diretiva de "retorno voluntário". Peruanos que se somaram aos 80. 427 que já retornaram ao Peru nos últimos três anos, após viver por cinco anos no exterior, onde deixaram o fruto de seu trabalho e até propriedades. Segundo cifras apresentadas em novembro pelo INEI, no primeiro semestre de 2009, retornaram 33.701 peruanos do exterior.

"Para a Comunidade Andina está sendo aplicado um Tratado De associação, diferente do Tratado de Livre Comércio (TLC), conformado por três componentes: político, de cooperação e comercial. No tema política está o assunto dos migrantes", sustenta Bendezú y agrega que "na Europa existem centros de reclusão que são verdadeiros campos de concentração, com 30 mil migrantes presos".

Segundo e embaixador do Peru na Espanha, José Luís Pérez Sánchez-Cerro, são 4.801 os peruanos desempregados nesse país e que voluntariamente poderiam acolher-se ao Plano de retorno Voluntário.

Uma luz débil

O Congresso da República aprovou a adesão do Peru ao Convênio da Apostila de Haia, da qual participam 90 países assinantes-, a fim de reduzir o custo e o tempo dos trâmites que nossos cidadãos realizam para legitimar seus documentos na Chancelaria. Esta é uma demanda e conquista dos Conselhos de consulta dos peruanos no exterior proposta na última reunião de Lima, em outubro de 2009. Com a Apostila de Haia, que é um selo especial que se estampa sobre um documento para certificar a autenticidade de uma assinatura, se suprime o requisito de legalização diplomática e consular dos documentos públicos que se originem em um país do convênio e que se pretendam utilizar em outro. Os documentos emitidos em qualquer país integrante deste tratado internacional e que tenham sido certificados com uma apostila, deverão ser reconhecidos sem necessidade de outro tipo de autenticação.

Saudamos a iniciativa e demandamos uma política migratória de acordo com as necessidades dos peruanos no exterior, que representam um volume que supera os três milhões.

* Diplomada em Migrações, Relações Internacionais e Globalização na Pontifícia Universidade Católica do Peru

fonte: http://www.adital.com.br/site/noticia.asp?lang=PT&cod=43942

Brasil pode contribuir para fundo climático internacional, diz Lula

Presidente se disse 'frustrado' com negociações climáticas.
Conferência de Copenhague está em seu último dia.



O presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta sexta-feira (18) na plenária do último dia da Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas (COP 15) que o Brasil está disposto a oferecer dinheiro para um fundo internacional de financiamento de medidas de adaptação e redução de emissões nos países pobres. “Se for necessário o Brasil fazer um sacrifício a mais estamos dispostos a participar do financiamento”, disse.

Lula abriu seu discurso, antes do presidente americano Barack Obama também discursar e afirmar que o mundo precisa imediatamente de um acordo, mesmo que ele não seja perfeito.


Dizendo querer chegar a um consenso, Lula afirmou que compreende que os países ricos não "serão os salvadores dos países em desenvolvimento" e que o aquecimento global pode atrapalhar o desenvolvimento do Brasil . "Passamos um século sem crescer enquantos outros cresciam muitos. Agora que nós começamos a crescer, não é justo que voltemos a fazer sacrifício"


O presidente brasileiro foi enfático ao afirmar que estava frustrado com os resultados obtidos até agora. O tom de crítica dominou a fala de Lula. "Confesso que estou um pouco frustrado porque discutimos a questão do clima e cada vez mais constatamos que o problema é mais grave do que nós possamos imaginar"


Adoraria sair com o documento mais perfeito do mundo. Mas se não conseguimos fazer até agora esse documento, não sei se algum sábio ou anjo descerá nesse plenário e conseguirá colocar na nossa cabeça a inteligência que nos faltou até agora "
Após participar de uma reunião extraordinária durante a madrugada desta sexta-feira com líderes de estado para tentar chegar a um esboço do acordo, Lula se disse surpreso e que há muito tempo não participava de uma reunião como essa. "Submeter chefes de estado a determinadas discussões como nos fizemos ontem, há muito tempo não assistia”


Lula lembrou que os compromissos de combate às mudanças climáticas devem ser compartilhados por todos os países, mas o passado de emissões de gases causadores do efeito estufa dos países industrializados não pode ser esquecido.

Segundo Lula, o problema para que os países cheguem ao acordo não é apenas o dinheiro, mas a disposição política. O presidente afirmou que os países estão "barganhando" na conferência da ONU.


"Quando pensarmos no dinheiro, não pensemos que estamos fazendo um favor, que estamos dando uma esmola. Porque o dinheiro que vai ser colocado na mesa é o pagamento das emisssões de gases de feito estufa de dois séculos de quem teve o privilegio de se industrializar primeiro", disse.



Presidente Lula afirmou nesta sexta-feira (18) que 'um milagre' pode salvar a conferência (Foto: ATTILA KISBENEDEK/AFP)

De acordo com o presidente, o Brasil foi ousado em estabelecer metas voluntárias. "Pensando em contribuir para a discussão nessa conferência, o Brasil teve uma posição muito ousada", disse. "Apresentamos nossas metas até 2020, assumimos um compromisso e aprovamos no Congresso nacional transformando em lei até 2020 que o Brasil reduzirá as emissões de gases do efeito estufa de 36,1% a 38,9%.


O dinheiro que vai ser colocado na mesa é o pagamento das emisssões de gases de feito estufa de dois séculos de quem teve o privilegio de se industrializar primeiro "
"Foi necessário para mostrar ao mundo que com meias palavras e barganhas agente não encontraria uma solução"


Dirigindo-se ao presidente da COP 15, Lars Lokke Rasmussen, e ao secretário-geral da ONU, Ban Ki-Moon, Lula afirmou: "adoraria sair com o documento mais perfeito do mundo. Mas se não conseguimos fazer até agora esse documento, não sei se algum sábio ou anjo descerá nesse plenário e conseguirá colocar na nossa cabeça a inteligência que nos faltou até agora", disse o presidente.


Lula defendeu que seja redigido um documento que leve em consideração a soberania dos países. Os países em desenvolvimento são contrários ao monitoramento externo de políticas de mitigação por parte dos países desenvolvidos.

Fonte - G1

Agulhas que perfuraram coração de menino estão infeccionadas


As duas agulhas que perfuraram o coração do menino M.S.A infeccionaram e o fato preocupa a equipe médica, de acordo com Francisco Reis, diretor do Hospital Ana Neri, em Salvador, onde o garoto está internado. "É uma situação rara e de difícil atuação nas partes clínica e cirúrgica. O menino está com febre por causa de um processo de infecção no coração, o que aumentou nossa preocupação", disse o médico, nesta sexta-feira, 18.

As informações sobre a quantidade de agulhas no corpo da criança ainda são imprecisas mas, de acordo com Francisco Reis, 26 objetos metálicos estão no organismo de M.S.A. A criança está sendo tratada com antibióticos para reverter a infecção. O médico disse que "aguarda a resposta do antibiótico, que pode demorar de um a três dias". No entanto, o menino pode ter que ser operado emergencialmente em caso de hemorragia. "Esse é um risco que existe".

Por enquanto, Francisco Reis disse que os médicos vão trabalhar em três linhas de ação: inicialmente com intervenção no coração e pulmão, depois na coluna, já que há uma agulha na região da medula e, em seguida, no abdômen, pois um dos objetos encontra-se no fígado da criança. O diretor do Ana Neri disse ainda que, pela natureza dos ferimentos, houve a intenção de penetrar com as agulhas órgãos vitais, como coração e pulmão.

O estado de saúde da criança é grave, mas M.S.A está lúcido, de acordo com o médico. Reis explicou que o menino e a mãe não têm noção da gravidade do caso e recebem apoio psicológico. O garoto tem que ficar deitado, não pode sair do leito, nem brincar.

O próximo boletim médico deve ser divulgado às 11h desta sexta-feira, em coletiva que a equipe que trata do garoto no Hospital Ana Neri concederá à imprensa.

Confissão - O padrasto da criança, Roberto Carlos Magalhães Lopes, confessou para a Polícia que introduziu as agulhas no enteado e afirmou que queria se vingar da mãe do menino, Maria Souza Santos, que sentiria ciúmes dele com Angelina Capistana Ribeiro dos Santos. Ele acusou Angelina de participar do crime juntamente com a suposta mãe-de-santo Maria dos Anjos Nascimento, conhecida na cidade como Bia.


Fonte - cidades / a tarde

SALÁRIO MÍNIMO VAI AUMENTAR TODO ANO ATÉ 2023

O governo definiu que vai aumentar o salário mínimo todo ano até 2023. O valor do reajuste será calculado pela inflação do ano anterior, mais o índice de crescimento do PIB de dois anos antes. Para o ano que vem, o aumento previsto para o mínimo é de 8,72%: 3,47% da inflação e 5,1% do crescimento do PIB de 2008. Isso daria um mínimo de R$ 505,55. Ainda não há sabe como proceder, para obter ganho real (percentual acima da inflação do ano anterior), nos casos em que o PIB for negativo, como o que pode ocorrer neste ano. As informações são do jornal Folha de S.Paulo.

Escrito por James Martins



Fonte - bahianotícias

Morre Simon Bolívar

Em 17 de dezembro de 1830 morreu Simon Bolívar, militar venezuelano, líder da revolução que culminou com a independência de vários países da América do Sul.

Simon Bolívar, "o libertador da América"

Simon Bolívar nasceu no dia 24 de julho de 1783 em Caracas, na Venezuela. De família aristocrata, descendente de espanhóis, ele tornou-se órfão aos 9 anos. Ainda muito jovem, visitou diversos países europeus, e foi enviado em 1799 a Madri, na Espanha, para completar sua educação. Aos 18 anos, Bolívar casou-se com Maria Teresa de Toro e, em 1802, o casal foi a Caracas, aonde, após seis meses de matrimônio, a jovem veio a falecer.

Em 1804, Bolívar retornou à Europa, visitando a França e a Itália. Ele ficou extremamente impressionado com Napoleão Bonaparte, que havia se coroado imperador, e o jovem Bolívar então passou a sonhar em ter a glória semelhante. Quando Bolívar foi a Roma, fez seu famoso juramento, no Monte Sacro, de libertar a América do Sul.

Em 1808, Napoleão Bonaparte invadiu a Espanha, depôs a dinastia Bourbon e nomeou seu irmão José como rei espanhol. Todas as colônias espanholas recusaram-se a reconhecer a autoridade de Bonaparte. Alguns continuaram aderindo à família real espanhola, enquanto outros decidiram perseguir a independência.

A revolução contra o domínio espanhol teve início na Venezuela, em 1810, com a deposição do governante espanhol. Uma declaração formal de independência foi feita em 1811, e no mesmo ano, Bolívar tornou-se oficial do exército revolucionário. Porém, em 1812, tropas espanholas retomaram o poder na Venezuela. O líder da revolução venezuelana, Francisco Miranda, foi preso e Bolívar deixou o país.

Nos anos seguintes ocorreram diversas guerras. As vitórias venezuelanas eram seguidas por derrotas esmagadoras, mas Bolívar nunca desistiu. Em dezembro de 1819, foi proclamada a República da Colômbia. E, em 1821, Bolívar finalmente libertou a Venezuela na Batalha de Carbobo e um de seus mais talentosos oficiais, Antonio José de Sucre, libertou o Equador na Batalha de Pichincha, em maio de 1822.

Enquanto isso, o patriota argentino José de San Martin libertava a Argentina e o Chile, e iniciava a libertação do Peru. Bolívar chegou ao Peru em 1823 e prevaleceu sobre o governo real espanhol na Batalha de Junin, em agosto de 1824. Mas foi Sucre que assegurou uma vitória total, ao esmagar as tropas espanholas em Ayacucho, em dezembro de 1824. A guerra pela independência estava vencida.

Após as vitórias militares, Simon Bolívar encontrava-se em uma posição extraordinária. Ele era presidente da Colômbia, ditador do Peru e presidente da recém-formada Bolívia, região que havia sido chamada de Alto Peru nos tempos coloniais. O novo país foi nomeado em sua homenagem.

Após realizar seu sonho de libertar seu país e outras nações sul-americanas do controle espanhol, o objetivo seguinte de Simon Bolívar foi de o de se tornar um líder e estadista sul-americano. Bastante impressionado com os Estados Unidos da América, Bolívar planejou realizar uma federação das nações da América do Sul. De fato, Venezuela, Colômbia e Equador já constituíam a República da Grande Colômbia, sob a presidência de Bolívar. Mas diferentemente dos Estados Unidos, as tendências de independência nacional no continente não podiam ser ignoradas. Quando Bolívar convocou o Congresso das Nações da América Hispânica, em 1826, apenas quatro países compareceram.

No entanto, ao invés de mais países se unirem à Grande Colômbia, o oposto ocorreu: a república começou a se repartir. Para agravar a situação, uma guerra civil irrompeu na Colômbia em 1826. Bolívar tentou evitar uma separação definitiva das regiões em conflito. Ele conseguiu que ocorresse uma reconciliação temporária e convocou uma nova assembléia constituinte em 1828, mas não concordou com as deliberações do corpo legislativo e assumiu poderes ditatoriais temporariamente. A oposição a Bolívar começou a crescer repentinamente e em 25 de setembro de 1828, ele escapou por pouco de uma tentativa de assassinato.

Bolívar não conseguiu manter a confederação dos países da América do Sul. Por volta de 1830, Venezuela e Equador já haviam deixado a união, e Bolívar, percebendo que suas ambições políticas eram uma ameaça à paz regional, renunciou em abril do mesmo ano. Quando faleceu, em 17 de dezembro de 1830, ele estava deprimido, pobre, e havia sido exilado de seu país de origem, a Venezuela. Ele morreu de tuberculose em Santa Marta, na Colômbia.

Estrume no Palácio do Eliseu - France

Agricultores jogem estrume perto do Palácio do Eliseu em protesto em Paris

Ação ocorreu durante a madrugada próximo à casa oficial de Sarkozy.
Objetivo era chamar a atenção para a crise econômica do setor.

Dezenas de agricultores franceses jogaram nesta quinta-feira (17) estrume e palha nas proximidades do Palácio do Eliseu, a residência oficial do presidente da França, Nicolas Sarkozy, em um protesto contra a situação econômica do setor.

A manifestação, organizada de madrugada pelo grupo Jovens Agricultores - uma ala do principal sindicato agrário nacional -, foi rapidamente controlada pela Polícia, que dispersou os manifestantes e levou muitos deles para a delegacia para serem identificados.

Pierre Bot, um dos participantes do protesto, disse à rádio "France Info" que o objetivo da ação era chamar a atenção de Sarkozy, que, segundo disse, seria o único que poderia realmente intervir e mudar a situação do setor agrário.Bot, que fez referência à diminuição da renda dos agricultores, criticou, em particular, a evolução da Política Agrária Comum (PAC).

Segundo um estudo publicado na terça-feira pelo Instituto Nacional de Estatística (INSEE), a receita dos agricultores franceses deve despencar 34,4% este ano, depois de ter caído 20,3% em 2008 em virtude do desabamento dos preços, da diminuição dos subsídios e do aumento de certos custos associados ao crédito.

Apesar do frio e medo, crianças salvas por helicóptero dizem que 'foi legal'

Água subiu e invadiu as casas de Amanda, Igor, Alexsandro e Adrian.
Eles foram içados por cesto após inundação na Zona Norte de SP.

As quatro crianças salvas por um helicóptero da Polícia Militar durante a enchente causada por um temporal que inundou Pirituba, na Zona Norte de São Paulo, na quarta-feira (16), contaram que sentiram frio e medo durante o resgate aéreo, mas também disseram que a experiência de voar, pela primeira vez nas suas vidas, foi “legal”. O G1 conversou com os sobreviventes mirins com a autorização de seus pais, que acompanharam a entrevista.

O salvamento dos irmãos Alexsandro e Adrian e dos também irmãos Amanda e Igor foi dramático. As crianças e dois idosos foram içados por um cesto preso à aeronave e colocadas em segurança no pátio de uma empresa de transportes localizada a poucos metros de suas casas, que estavam quase que completamente submersas – a água da chuva alcançou até o teto de cerca de 15 imóveis.

"Eu fiquei com medo. Quando o helicóptero chegou, eu fiquei chorando pensando que ninguém ia me carregar e que iria ficar lá. Mas só que o helicóptero me resgatou. Depois vi que meu irmãozinho estava lá [dentro da aeronave]", afirmou Alexsandro Silva Batista do Nascimento, de 7 anos. No colo da mãe, o irmão de Alexsandro, Adrian, de 3 anos, também afirmou ter ficado com medo, mas gostou da viagem.


A mãe de Alexsandro, Josilene Silva Trajano, conta que quando o nível da água começou a subir, ela levou as crianças para uma casa vizinha, mais alta que a sua. "Não adiantou porque a água surpreendeu todo mundo", contou a mulher.

Foto: Roney Domingos/ G1

Rosilene e os filhos, Amanda, de 8 anos, e Igor, de 5 anos, salvos por helicóptero de enchente (Foto: Roney Domingos/ G1)

'Friiiio'

"Achei frio", disse Amanda Querino da Silva, de 8 anos, sobre o resgate aéreo. Horas depois de ter sido içada e salva, ela continuava agarrada ao cobertor para se esquentar.

Igor, de 5 anos, diz que apesar do susto de ter sido resgatado não tem medo de enchentes. "Na hora que estava chovendo, a água entrou na minha casa e o helicóptero pegou a gente".
A mãe de Amanda e Igor, Rosilene da Paixão Querino, de 32 anos, conta que o helicóptero foi a única saída. Ela disse que levou as crianças para o ponto mais alto do conjunto de casas. "Na minha casa, a água bateu no teto."


'Socorro'

O aposentado Alfredo Tomaz da Silva, de 66 anos, e sua mulher, Maria Ferreira Campos, de 58 anos, também foram resgatados pelo helicóptero. "A gente já ia se acabando na água, gritando socorro, socorro, socorro. A gente já estava debaixo d água. Não foi mole para nós não", afirmou ele.

O garoto Adrian, de 3 anos, no colo da avó, Maria de Lourdes Silva, de 61 anos, levada nos braços por vizinhos (Foto: Roney Domingos / G1)

Por volta das 22h30 de quarta-feira, os moradores ainda tentavam tirar a água de dentro de suas residências e recuperar o que sobrou dos móveis. Até as telhas de cimento foram arrastadas pela enxurrada. Pelo menos dois carros foram levados pelas água.

A comunidade formada por casas simples fica vizinha ao córrego Ribeirão Vermelho que transbordou próximo do piscinão Anhanguera. Todas as ruas do bairro ficaram enlameadas.

José Serra e Arnold Schwarzenegger se encontram em Conferência do Clima


Eles destacaram importância de governos regionais nas ações climáticas.
Schwarzenegger propôs conferência de governadores sobre tema



A Califórnia é a sétima economia do mundo e dita tendências"
Os governadores de São Paulo, José Serra, e da Cailfórnia, Arnold Schwarzenegger, se reuniram nesta terça-feira (15) em Copenhague num evento paralelo à Conferência da ONU sobre Mudanças Climáticas (COP 15). Eles defenderam a importância dos governos subnacionais (estaduais, provinciais, municipais etc.) nas ações para contenção das emissões de gases causadores do efeito estufa.



Serra destacou as medidas de seu governo no setor, como a instituição da Política Estadual de Mudanças Climáticas (PEMC), e disse que “o mundo espera um acordo ambicioso e legalmente vinculante (de cumprimento obrigatório)” na COP 15.



“Vim para a Dinamarca para dizer que o estado de São Paulo está preparado para ser parte da solução e espero que os chefes de estado aqui reunidos façam o mesmo”, apontou.


--------------------------------------------------------------------------------
Shwarzenegger chamou governador paulista de 'Sierra'
--------------------------------------------------------------------------------
Bem-humorado, Shwarzenegger saudou seu colega paulista – a quem chamou de “Sierra” – e brincou que já havia estado anteriormente na capital da Dinamarca, entre outras coisas, para eventos de fisiculturismo.





“Líderes do mundo vêm à Califórnia para ver o que estamos fazendo”, contou.
Schwarzenegger assinou, em 2006, uma lei que pretende fazer com que seu estado, independentemente dos EUA, adote medidas no sentido de respeitar o Protocolo de Kyoto.



“A Califórnia é a sétima economia do mundo e dita tendências”, afirmou. Ele acredita que os avanços econômicos e tecnológicos para solucionar os problemas relacionados ao aquecimento global devem superar os entraves políticos entre os países.



O governador americano sugeriu que a ONU organizasse uma conferência sobre mudanças climáticas voltada a governos locais e ofereceu a Califórnia para sediá-la.

Ludwik Lejzer Zamenhof

Em 15 de dezembro de 1859 nascia Ludwik Lejzer Zamenhof, oftalmologista polonês, criador do Esperanto

150 anos do criador do Esperanto

Não pertence a nenhum país ou religião, a língua reúne pessoas do mundo inteiro com foco na cultura de paz


Um língua que foi criada com o objetivo de facilitar a comunicação entre os povos de todos os continentes: o esperanto. Com centenas de estudiosos e praticantes no Estado do Ceará, a língua, que já se concretiza também como um movimento mundial, comemora hoje, 150 anos do seu idealizador, o polonês Lázaro Luis Zamenhof.

Em alguns lugares do mundo, estão sendo inaugurados monumentos. Em Fortaleza, é possível ver, já há 35 anos, o busto do Dr. Esperanto, (pseudônimo do criador que deu nome à língua), na Praça da Gentilândia, Benfica.

Em comemoração da data, os esperantista, como se chamam os estudiosos da língua, realizarem hoje uma palestra, às 10horas, no Liceu do Ceará.

O colégio, inclusive, deve implementar como opção de língua alternativa, o ensino do Esperanto. Esta será a segunda experiência numa escola pública em Fortaleza e Região Metropolitana, porque a primeira já acontece na EEFM Rotary Club São Miguel, em Caucaia. "Esperamos a partir daí criar uma rede de interesse em relação a língua e divulgá-la em outras escolas", disse o coordenador do Curso de Esperanto da Universidade Federal do Ceará (UFC), José Leite Jr.

De acordo com o professor, mesmo que a língua já tenha mais de 100 anos de utilização prática (iniciou-se em 1887), ela atinge um grande número de jovens, que buscam comunicação e cultura de paz entre pessoas de todo o mundo, sem qualquer tendência de supremacia cultural, política, religiosa e econômica. Criado a partir de poucas regras, o Esperanto é facilmente aprendido, garante o professor José Leite Jr.

Para a esperantista Larissa Coelho, 22, não há melhor maneira de falar com pessoas de outros países. "Não preciso aprender inglês, japonês, francês. Tenho amigos de várias nacionalidades falando apenas o esperanto. Além disso, podemos viajar através da rede de amigos da língua", exemplifica.

Somente no ano passado, mais de 1.200 famílias hospedaram esperantistas pelo mundo. Em 2010, dois estudantes de Fortaleza devem ir à Alemanha para intercâmbio.

A língua é também difundida através da literatura, obras de Machado de Assis, Graciliano Ramos, Paulo Coelho e até mesmo a Bíblia ou o Alcorão podem ser encontrados em Esperanto.

Interessados na língua podem acessar o site www.esperanto.ufc.br, lá encontra-se a lista de horários e locais disponíveis para os grupos de estudo.



fonte: Diário do Nordeste (CE

Criança de 5 anos cai de terceiro andar de sobrado no Centro

Bombeiros dizem que ele estava sozinho em casa.
Vítima foi socorrida e levada para o Hospital Souza Aguiar.

Do G1, no Rio

Bombeiros do quartel Central socorreram na manhã desta terça-feira (15), uma criança de 5 anos que caiu do terceiro andar de um sobrado na Rua Bento Ribeiro, no Centro do Rio, próximo ao Terminal Rodoviário Américo Fontenelle.

O menino foi levado para o Hospital Souza Aguiar, no Centro. De acordo com os bombeiros, ele estava sozinho em casa no momento da queda. A mãe teria chegado ao local depois do ocorrido e está no hospital com o filho.

Segundo a Secretaria municipal de Saúde, o menino passa por exames na ala pediátrica da unidade. Ele não sofreu fraturas. Está com o rosto machucado e vai ser submetido a uma tomografia de face.

A pulseirinha do sexo

Os jovens aderem à moda dos braceletes coloridos – muitos deles sem saber de seu significado erótico

Andres Vera

São pulseiras comuns, que qualquer garota usaria para ir ao colégio, feitas de silicone, em cores vibrantes e de aparência inocente. Mas nos últimos dias passaram a deixar muitos pais preocupados com rumores sobre seu verdadeiro significado. Segundo um modismo que surgiu na Inglaterra e chegou ao Brasil recentemente, arrebentar a pulseira de determinada cor obrigaria o portador da pulseira a se submeter ao ato correspondente àquela cor. Pulseira amarela, por exemplo, equivaleria a um abraço. Pulseira preta, a sexo.

Não se sabe como surgiu esse código nem como ele se espalhou entre os adolescentes. Na Inglaterra, as pulseirinhas ganharam o nome de shag bands (algo como “pulseiras da transa”). Lá também surgiu o jogo chamado “snap” (estouro, na tradução do inglês) e o dicionário de cores (leia o quadro abaixo). O assunto chamou a atenção da imprensa e virou motivo de alarde entre pais e educadores quando crianças do ensino fundamental começaram a usar as pulseiras.

Não demorou muito para a novidade se espalhar pela internet e chegar ao Brasil. Redes sociais como Orkut e Facebook têm comunidades dedicadas aos fãs das pulseiras. Uma delas já reunia 40 mil seguidores na semana passada, a maioria perfis de crianças e adolescentes. Embora seja comum encontrar jovens com o braço carregado de pulseiras, parte deles parece desconhecer seu significado. “Eu parei de usar quando descobri, mas vejo um monte de meninas do fundamental usando sem saber”, diz a estudante Bárbara Campos, de 15 anos, aluna de um colégio particular de São Paulo. Seu namorado, no entanto, ainda carrega três pulseiras no pulso: uma preta, uma branca e uma vermelha. “Se outra menina estourar as pulseiras dele, eu vou ficar muito brava.”

Vendidas por camelôs em qualquer cidade grande brasileira, a novidade ficou conhecida por aqui como pulseira cool (legal, na tradução do inglês), pulseira da amizade ou pulseira da malhação. Um pacote com 20 unidades, de cores sortidas, custa cerca de R$ 1. Entre os mais jovens e os que não levam o sentido do snap a sério, as pulseiras também resumem o “currículo” sexual da pessoa. Vale a mesma regra das cores: quem já fez sexo pode exibir sua pulseira preta. Os mais “populares” costumam usar a cor dourada.

Como pais e educadores deveriam reagir diante da conotação sexual de uma inocente pulseira de silicone? “Proibir não adianta, porque o adolescente pode se sentir excluído quando vir que os colegas continuam usando”, diz a psicóloga Denise Diniz, da Universidade Federal de São Paulo. “Os pais devem aproveitar a oportunidade para debater sexualidade em casa.” Os colégios se dividem entre proibir ou ignorar o uso das pulseiras. “Acreditamos que esse jogo não passe de um modismo, mas os pais podem e devem impor seus limites, sem alarde”, diz Silvana Leporace, coordenadora educacional do Colégio Dante Alighieri, em São Paulo. Modismo ou não, não custa nada para os pais dar uma olhadinha no que os filhos andam usando no pulso.

Fonte - Revista Época - Sociedade

Foto: Albari Rosa/Ag. de Notícias Gazeta do Povo

Dia Nacional do MInistério Público


Hoje, 14 de dezembro, é o Dia Nacional do Ministério Público. Encarregado pela Constituição Federal da defesa dos direitos do cidadão e dos interesses sociais, o MP é uma instituição independente, não estando e não devendo ser vinculada a nenhum outro Poder, nem ao Judiciário, nem ao Legislativo, nem ao Executivo. O Ministério Público trabalha na defesa do bem público, da coisa pública, do respeito às leis e à Constituição. É, como gosta de dizer o Procurador-Geral da República, um "advogado da sociedade". E é na defesa dos interesses da sociedade que o MP propõe as medidas administrativas ou judiciais para garantir que os direitos e princípios postos pela Constituição Federal e pelas demais leis sejam respeitados. No período colonial não havia o Ministério Público como instituição, embora as Ordenações Manuelinas (1521) e as Ordenações Filipinas (1603) já fizessem menção aos promotores de justiça, atribuindo-lhes o papel de fiscalizar a lei e de promover a acusação criminal. Existia ainda o cargo de procurador dos feitos da Coroa (defensor da Coroa) e o de procurador da Fazenda (defensor do fisco). A sistematização das ações do MP começou em 1832, com o Código de Processo Penal do Império. A estrutura e a atribuição do MP em âmbito federal foi resultado do decreto nº 848, de 11/09/1890, que criou a Justiça Federal. Por este decreto estipulou-se: a) a indicação do procurador-geral pelo Presidente da República e b) a função do procurador de "cumprir as ordens do Governo da Repúlbica relativas ao exercício de suas funções" e de "promover o bem dos direitos e interesses da União" (art.24, alínea c). Em 1951, a Lei Federal nº 1.341 criou o Ministério Público da União (MPU), que se ramificava em Ministério Público Federal, Militar, Eleitoral e do Trabalho. O MPU, na época, pertencia ao Poder Executivo. Trinta anos depois, com a Lei Complementar nº 40, foram instituídas garantias, atribuições e vedações aos Membros do órgão. Mas foi a partir da Constituição de 1988 que o MP adquiriu funções que lhe conferem um caráter único no mundo: amplas atribuições na área cível e criminal, destacando-se em especial a tutela dos interesses difusos e coletivos (meio ambiente, consumidor, patrimônio histórico, turístico e paisagístico; portadores de deficiência; criança e adolescente, comunidades indígenas e minorias ético-sociais). No exercício dessas atribuições, os MPs Federal e Estadual atuam perante as respectivas esferas de competência. No caso do Ministério Público Federal, os Procuradores da República atuam nas causas de competência do Supremo Tribunal Federal (STF), do Superior Tribunal de Justiça (STJ), dos Tribunais Regionais Federais (TRF), dos Juízes Federais e dos Tribunais e Juízes Eleitorais, sempre que estiverem em discussão bens, serviços ou interesses da União, suas entidades autárquicas e empresas públicas federais. Também atua, como se disse, na defesa de direitos e interesses dos índios, do meio ambiente, de bens e direitos de valor artístico, estético, histórico e paisagístico integrantes do patrimônio nacional. Atualmente o órgão conta com mais de 700 procuradores e quase 4000 servidores distribuídos por todos os Estados brasileiros. Em Minas Gerais são 29 Procuradores (24 em Belo Horizonte e 5 nas unidades do interior) e 147 servidores que respondem por uma movimentação média mensal de mais de 6000 processos perante as Varas da Justiça Federal de primeira instância. A perspectiva é de que em 2005 comecem a ser implantadas novas Procuradorias no interior, nas cidades mineiras de Governador Valadares, Montes Claros, Sete Lagoas, Passos, São Sebastião do Paraíso, Divinópolis, Pouso Alegre, Patos de Minas e Varginha. Saiba mais Para saber mais sobre o Ministério Público Federal visite os sites da Procuradoria Geral da República (www.pgr.mpf.gov.br), Procuradoria da República em Minas Gerais (www.prmg.mpf.gov.br) e Ministério Público da União (www.mpu.gov.br).

Companhia anuncia celular de ouro por menos de R$ 1 mil

Com câmera de 5MP e GPS, Nokia 6700 Gold Edition chega em 2010.
Designer descreve criação como 'o pretinho básico' dos celulares.

A Nokia apresentou seu novo celular 6700 Gold Edition, que como o nome já revela é revestido de ouro. A edição de ouro 18 quilates deve chegar ao mercado no primeiro semestre de 2010, por um preço estimado em 370 euros (cerca de R$ 960). Impostos e subsídios ainda não estão incluídos nesse valor, de acordo com o site “LikeCool”. O modelo, que conta com câmera integrada de 5 megapixels, GPS e o aplicativo Nokia Maps, é descrito pelo designer Mark Delaney como “o pretinho básico” dos celulares. (Foto: Divulgação)



Acesso à Web dispara no Brasil, mas desigualdade ameaça inclusão


RIO DE JANEIRO, 11 de dezembro (Reuters) - O número de usuários de Internet no Brasil cresceu 75,3 por cento no país entre 2005 e 2008 e boa parte dos novos incluídos na rede pertencia à baixa renda, segundo o IBGE, mas a desigualdade social e educacional ainda prejudica a inclusão digital no Brasil.

Em 2008, 56,4 milhões de brasileiros com 10 anos ou mais acessavam a Internet (34,8 por cento do total) contra 31,9 milhões em 2005. Enquanto isso, o ranking da Internet World Statis coloca o Brasil atrás de países da América do Sul como Argentina (48,9 por cento), Chile (50,4), Uruguai (38,3) e Colômbia (45,3).

"Os avanços de 2005 a 2008 foram fantásticos, mas ainda vivemos uma apagão digital que está ligado aos níveis de educação e distribuição de renda", declarou o coordenador de um suplemento da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) do IBGE

Na Europa, o nível de acesso atinge 52 por cento, na Oceania 60,4 por cento e na América do Norte 74,2 por cento da população. A média da América Latina ficou em 30,5 por cento contra 19,4 por cento na Ásia.

Do total de novos usuários no Brasil, 17 milhões ganham até 2 salários mínimos per capita ao mês. "O acesso à Internet está mais democratizado no Brasil", disse o coordenador da pesquisa, Cimar Pereira Azeredo

Segundo o IBGE, no ano passado o país ainda tinha 104 milhões de pessoas que não acessavam a Internet, mas o contingente diminuiu em relação a 2005, que era de 120,3 milhões de brasileiros

Nas regiões consideradas mais pobres do país, o acesso à Internet ganhou velocidade, segundo a pesquisa. Na região Norte, o total de usuários passou de 12 para 27,5 por cento da população com dez anos ou mais de estudo. No Nordeste, passou de 11,9 para 25,1 por cento.

"Vários fatores explicam o maior acesso entre os mais pobres. O acesso está mais barato e as lan houses estão mais espalhadas pelo país. Além disso, a renda do brasileiro e a escolaridade aumentaram em reação a 2005", avaliou o coordenador do IBGE.

Em 2008, 51,7 por cento dos internautas do país acessaram a rede mundial de computadores de casa e 35,2 por cento a partir de lan houses, contra 49,9 e 21,9 por cento, respectivamente.

Nas regiões mais ricas do Brasil, os percentuais de acesso são bem mais elevados. como na região Sudeste, em que o índice foi de 40,3 por cento.

"O Brasil tem uma das piores distribuições de renda no mundo e não é novidade que essa diferença social tenha reflexo também no acesso à Internet. A desigualdade de renda é um empecilho para um maior acesso", disse Azeredo.

Ele destacou que quanto maior a renda e a escolaridade, maior é o acesso à rede mundial de computadores. A pesquisa mostra que famílias com renda per capita domiciliar acima de 5 salários mínimos têm um percentual de acesso à Web de 75,6 por cento.

Em média, os conectados têm 10 anos de estudo, o equivalente ao ensino fundamental.

A idade média dos internautas em 2008 era de 27,6 anos contra 28,1 anos em 2005. Na faixa entre 15 e 17 anos, o percentual de conectados alcança 62,9 por cento.

Segundo a pesquisa, 86 milhões de brasileiros tinham um aparelho de celular em 2008, o equivalente a mais da metade da população. Em 2005, eram 56 milhões ou 36,6 por cento da população.

Fonte - Uol Tecnologia

Arquiteto - Homenagem


Hoje este blog fará uma homenagem ao maior arquiteto do Brasil e um dos maiores do mundo, Oscar Niemeyer.

Biografia

Nascido no Rio de Janeiro, em 1907, Oscar Niemeyer tem sido o arquiteto brasileiro que acumula o maior número de prêmios internacionais, bem como exibe um conjunto de obras realizadas no Brasil e no exterior que o coloca como um dos expoentes da arquitetura universal.

Formado em 1934 pela Escola Nacional de Belas Artes, o primeiro trabalho que elaborou - como membro da equipe liderada por Lúcio Costa e consultoria de Le Corbusier - para a sede do Ministério de Educação e Saúde em 1936, caracterizou-se como um marco da arquitetura moderna mundial.

Em 1939, em colaboração com Lúcio Costa, executa o projeto Pavilhão do Brasil para a exposição em New York.

Em 1940, com a obra da Pampulha - Cassino, Casa do Baile, Iate Club, e a Igreja de São Francisco de Assis - passa a ser conhecido internacionalmente, demonstrando com formas livres as possibilidades do concreto armado, destoantes da linguagem corrente da arquitetura racionalista de então.

Em 1947participa da equipe responsável pelo projeto da sede da Organização das Nações Unidas - ONU, em New York. Nos dez anos seguintes consolida sua obra no país até que, em 1960, com a construção da nova capital - Brasília - alcança prestígio e reconhecimento internacional ao projetar os principais edifícios públicos e palácios-sede do governo, como o Palácio da Alvorada, da Justiça, do Planalto, dos Arcos, e a Catedral de Brasília -, todos eles marcados pelo arrojo estrutural e inovadores da estética arquitetônica. Criador e fundador da Universidade de Brasília, com a implantação do regime militar, juntamente com a maioria dos seus docentes, afasta-se da mesma, e o período de perseguições e repressão política se instala a seguir no país, leva-o a aceitar diversos convites de trabalho no exterior.

Com escritório montado em Paris e tendo recebido do governo francês o prêmio "Legião de Honra da França", "Medalha de Ouro" da Academia de Arquitetura da França e membro do Comitê dos Conselheiros Artísticos da UNESCO, realiza obras no mundo inteiro, das quais se destacam o Edifício -Sede da Editora Mondadori, na Itália; o Centro Cultural do Havre e sede do Partido Comunista Francês, na França; Universidade de Constantine, em Argel; e os planos da Cidade de Neveg, em Israel; Plano de Urbanização do Algarve, em Portugal; Centro Cívico e Administrativo de Argel; Centro Residencial de Estudantes em Oxford, Inglaterra, entre outros.

De volta ao Brasil, continua em intensa atividade, destacando-se em 1983 as obras da Passarela do Samba (Sambódromo) e o conjunto de escolas pré-fabricadas - CIEPs, no Rio de Janeiro.

Entre seus projetos mais recentes encontram-se a Sede do Jornal "L Humanité", na França; o Panteão da Liberdade, na Praça dos Três Poderes, em Brasília; o projeto para a Embaixada Brasileira em Cuba, o Memorial da América Latina, em São Paulo.

Entre os inúmeros prêmios recebidos destacam-se o Prêmio Lênin da Paz em 1963; Prêmio "Lorenzo il Magnífico", Itália, 1980; Membro Honorário da Academia de Artes da URSS, 1983; Membro Titular da Academia Européia das Ciências, Artes e Letras, 1983; Doutor "Honoris Causa" da Academia de Construção da República Democrática Alemã, 1988; Pritzker Architecture Prize - Estados Unidos, 1988; Membro Honorário do "Royal Institute of British Architects", Inglaterra, 1989 ace, no mesmo ano, o Prêmio Príncipe de Asturias de Las Artes, Espanha.

No campo da escultura, são conhecidos os projetos do Monumento a Carlos Fonseca Amador, Nicaraguá, 1982; Monumento Cabanagem, Pará, 1984; Monumento "Tortura Nunca Mais", Rio de Janeiro, 1986; Monumento aos "Três operários assassinados durante a greve de novembro de 1988, em Volta Redonda e a escultura na Praça Cívica do Memorial da América Latina , 1989, entre outros.

(...)

Fonte: Integração da Artes - p.106 /1990

11 de dezembro - Dia do Arquiteto


O arquiteto é o profissional que elabora planos e projetos associados à arquitetura, definindo materiais, acabamentos, técnicas e metodologias a serem aplicadas na obra. Assim como os engenheiros civis, eles fiscalizam e executam obras e serviços. Alguns arquitetos também trabalham prestando serviços de consultoria e assessoramento. É preocupação do arquiteto levar em conta a disposição dos objetos dentro da construção, assim como a ventilação e a iluminação. Em relação a ambientes externos, ele pode planejar e organizar o crescimento de cidades e bairros. Um grande exemplo disso é Brasília, arquitetada por Oscar Niemeyer e Lúcio Costa. O arquiteto deve demonstrar sensibilidade estética e atualizar-se cultural e tecnicamente para inovar o seu trabalho. Para executar tantas funções, o arquiteto pode se especializar. Algumas das especialidades possíveis são:

- Arquiteto de edificações - Engenheiro arquiteto, Projetista (arquiteto) - Arquiteto de interiores - Arquiteto de patrimônio - Arquiteto restaurador - Conservador de edificações - Restaurador de edificações - Arquiteto paisagista - Arquiteto da paisagem ou Paisagista - Arquiteto urbanista Fonte: UFGNet

11 de dezembro - Dia do Engenheiro


Hoje foi escolhido para celebrar o engenheiro pois foi nessa data, em 1933, que a profissão foi regulamentada no Brasil, através do decreto no. 23.569. Em 1966, esse decreto foi revogado e entrou em vigor a lei no. 5.194/66 , que agora regulamente a profissão. É essa lei que estabelece as condições e regras para o exercício da profissão, os direitos e deveres, além de garantir proteção à sociedade em relação a maus profissionais e serviços.
O profissional deve ser registrado nos Conselhos Regionais de Engenharia e Arquitetura – CREA – que é subordinado ao Conselho Federal de Engenharia e Arquitetura – CONFEA. Estes são órgãos responsáveis pela fiscalização do exercício da engenharia. A engenharia sempre foi uma dos cursos acadêmicos bastante requisitados. Hoje, existem várias especialidades de engenharia. Mais de 20 especialidades são reconhecidas pelos conselhos de engenharia. Conheça agora um pouco sobre cada uma: Engenheiro civil - estuda, projeta, desenvolve e fiscaliza todo o tipo de construção civil, como pontes, elevados, edifícios, túneis, viadutos, fortificações, rodovias, ferrovias, estádios, redes de esgoto, entre outros. Engenheiro eletricista - atua na área de geração, transmissão e distribuição de energia elétrica. Além de monitorar qualquer tipo de sistema de energia elétrica. Engenheiro agrícola - desenvolve sistemas de distribuição de produtos agrícolas, além de equipamentos agrícolas. Engenheiro aeronáutico - trabalha na produção de aeronaves e estruturas aeronáuticas como mísseis, aviões e cápsulas espaciais. Engenheiro cartógrafo - executa trabalho de mapeamento de uma região, que inclui estudo do terreno e detalhamento do relevo da superfície. Engenheiro de computação - desenvolve produtos, serviços, programas e novas tecnologias na área de computação eletrônica. Engenheiro químico - desenvolve produtos químicos como fertilizantes, medicamentos e produtos de limpeza. Engenheiro metalúrgico - atua na extração de minerais e no seu processo de purificação. Engenheiro naval - constrói embarcações e plataformas. Engenheiro de produção - participa da elaboração do processo produtivo de uma empresa. Engenheiro de petróleo - atua na extração e aplicação de petróleo e do seu gás. Engenheiro de alimentos - participa do processo de produção, industrialização e armazenamento de alimentos. Engenheiro de minas - extrai e prepara recursos minerais para serem utilizados na indústria. Engenheiro de pesca - atua no desenvolvimento das indústrias e atividades relacionadas à pesca, sem degradar o meio ambiente. Engenheiro de materiais - desenvolve e testa novos materiais e compostos para a indústria. Engenheiro de agrimensura - mede e calcula áreas, além de registrar relevos e outras características de terrenos. Engenheiro mecânico - projeta e desenvolve qualquer tipo de equipamento - ferramentas, motores, máquinas e demais sistemas mecânicos - que produzem, transmitem ou usam energia. Engenheiro ambiental - responsável por avaliar a dimensão das alterações benéficas ou prejudiciais ao meio ambiente causadas pelas atividades humanas. Engenheiro de telecomunicações - opera projetos que possibilitam a propagação de informações sob a forma de sinais elétricos. Engenheiro têxtil - supervisiona e fiscaliza indústrias têxteis e de confecção. Engenheiro sanitarista - elabora projetos de saneamento básico, além de fiscalizar e fazer a manutenção das obras. Engenheiro industrial - controla o funcionamento técnico de uma indústria, visando ao melhor aproveitamento das máquinas. Engenheiro mecatrônico - são conhecidos como engenheiros de controle e automação. Criam e cuidam da manutenção de máquinas robóticas. Engenheiro nuclear - desenvolve novos usos para usinas nucleares, além de projetar aparelhos, instalações e itens de segurança. Engenheiro florestal - protege e administra recursos florestais, aplicando conhecimentos de biologia e ecologia.
Fonte: UFGNet
Câmara Municipal - 34312102 / Prefeitura Municipal - 34312108 / Delegacia de Polícia - 34312271 / SAMU - 192 / Fórum - 3431-2218 / Correio - 34312390 / Justiça Eleitoral - 34312309 / Banco do Brasil - 34312222 / Embasa - 34312296